Windsurf: O esporte radical que mistura o surf e a vela

O Windsurf é um esporte que mistura o surf com a vela. A idéia de aproveitar os ventos para ganhar velocidade e dropar as ondas surgiu em 1963 nos Estados Unidos. Não demorou muito para o esporte chegar ao Brasil e ganhar as águas brasileiras. Com muitas praias e lagos que oferecem condições de ventos próprias para a prática de windsurf, o Brasil é rota para windsurfistas de todo o mundo que vem ao país para surfar em praias como as do Ceará e Florianópolis.

O Windsurf é dividido em muitas categorias. Desde as voltadas mais para o surf e manobras até àquelas direcionadas para a vela e a velocidade. Confira abaixo as principais categorias que são praticadas no mundo.

Freestyle é a categoria onde o competidor é livre para realizar diversas manobras. Em geral o surfista utiliza as ondas para ganhar impulso e realizar suas acrobacias no ar.

Wave é a adaptação dos campeonatos do surf tradicional para o windsurf. Consiste em pegar as ondas com a prancha e realizar manobras que são avaliadas pelos juízes.

Super X é uma regata que se assemelha a uma corrida de obstáculos. Os competidores devem realizar um percurso e saltar sobre bóias e realizar algumas manobras obrigatórias. O vencedor é aquele que cruzar primeiro a linha de chegada.

Formula é considerada a categoria mais nobre do windsurf. Consiste em utilizar as pranchas de windsurf para uma competição de velocidade. Vence o atleta que cruzar primeiro a linha de chegada. A categoria que virou modalidade olímpica em 1984, ao integrar uma das classes de vela, é a que conta com os equipamentos mais desenvolvidos e modernos.

O windsurf é um esporte que exige muitos equipamentos e que, por sua vez, sofrem variações de acordo com a categoria. Mas nem o alto preço dos equipamentos nem a dificuldade de transportá-los servem de desculpa para as pessoas que desejam se aventurar nas águas. Os principais locais onde se pratica o windsurf contam com o serviço de aluguel desses equipamentos e instrutores para ensinar desde noções básicas até algumas manobras. O equipamento pode ser alugado por uma média de R$ 50 a hora e uma aula de 4 horas custa por volta de R$ 250.

Confira os principais locais para a prática de windsurf no Brasil:

Ceará: Fortaleza e Jericoacoara

Espírito Santo: Vitória

Rio de Janeiro: Búzios e Araruama

Rio Grande do Norte: Praia de Búzios e São Miguel do Gostoso

Rio Grande do Sul: Rio Grande, Tapes e Osório

São Paulo: Ilhabela

Santa Catarina: Ibiraquera e Florianópolis

Minas Gerais: Três Marias e a Lagoa dos Ingleses

Sobre admin

O e-group atua no turismo de charme, esportes náuticos, projetos sociais e patrocínio de atletas, sempre buscando a excelência em todas as atividades que exerce. Hotéis, pousadas e escolas de Kite/Windsurf compõe um sólido grupo de profissionais focados em oferecer uma verdadeira experiência turística e/ou esportiva.
Esta entrada foi publicada em Esportes, Jeri e marcada com a tag , , , , , , , , . Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>